engIobra / Materiais de Construção / Madeira Para Telhado

A construção de um telhado em madeira exige conhecimentos sólidos de engenharia civil e a utilização dos materiais adequados. Para ajudar quem pretende saber mais sobre este assunto, preparei este artigo, onde vou falar sobre madeira para telhado e sobre as diferentes estruturas em madeira.

Nas estruturas em madeira a armação compõe a parte estrutural e é composta por elementos como as escoras, cantoneiras e tesouras. Temos depois a trama, ou seja o quadriculado composto por caibros, ripas e terças, elementos que se suportam na armação e que servem de apoio à colocação das telhas.

Os termos utilizados podem parecer complicados para quem não está familiarizado com o universo da construção civil, mas o conceito é relativamente simples.

Qual a Madeira Certa Para Telhado

Qualquer tipo de madeira aprovada para ser utilizada na construção civil pode ser usada como madeira para telhado. No entanto, a peroba é a madeira mais utilizada para este fim em nosso país.

Para facilitar a escolha da madeira para telhado apresento uma divisão de alguns tipos de madeira apropriados para a construção da estrutura de um telhado.

  • A - Amendoim, canafístula, guarucaia, jequitibá branco, laranjeira, peroba rosa
  • B - Angelim, cabriúva parda, cabriúva vermelha, caovi, coração de negro, cupiuba, faveiro, garapa, guapeva, louro pardo, mandigau, pau cepilho, pau marfim e sucupira amarela
  • C - Anjico preto, guaratã e taiuva

Os tipos de madeira estão agrupados em grupos de acordo com as suas propriedades mecânicas. O que significa, que as madeiras pertencentes a cada grupo apresentam propriedades similares.

Madeiras que apresentam uma elevada dureza, como o coração de negro, faveiro e a taiuva devem ser manuseados com cuidado, para não produzir danos.

A escolha da madeira para telhado pode depende de vários fatores, incluindo a disponibilidade na região, o preço e claro, as propriedades físicas e mecânicas do material. Escolher o material certo faz toda a diferença.

Licenciado em Engenharia Civil, desde 2004, pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. Membro sénior da Ordem do Engenheiros. Conta com mais de 10 anos de experiência como projetista de estruturas, sistemas prediais de distribuição e drenagem de águas, redes de distribuição de gás natural, direcção e fiscalização de obras públicas e privadas.