engIobra / Obras em Casa / O que faz um arquiteto paisagista?

O que faz um arquiteto paisagista?

Todos nós temos a ideia base do que é a arquitetura, e que antes de se construir algum tipo de edifício é necessário que alguém desenhe e projete essa mesma infraestrutura.

No entanto, o que acontece com alguma frequência é que as pessoas tendem a associar a Arquitetura Paisagista como uma extensão da própria arquitetura ou como uma mistura entre ambas.

No entanto, não funciona bem dessa maneira.

arquitetura paisagista

Hoje vamos explicar-lhe de forma simples o que faz um arquiteto paisagista.

Princípios da Arquitetura Paisagista

Um dos princípios base da arquitetura paisagista passa por conceber, projetar e construir algo, neste caso uma paisagem.

Muitas vezes ao olhar para jardins ou parques, os mesmos parecem bastante naturais. Assim, consegue entender que um dos princípios base passa exatamente por isso, por fazer algo que pareça criado diretamente da natureza.

Os princípios base deste tipo de construção passam também pela criação de arte, em que muitas vezes pode ser realizada de forma simples (como o jardim arranjado de uma casa) ou mais complexa (como os jardins de um palácio).

Muito antes de se começar a “construir” um jardim é preciso esquematizar tudo para que o mesmo se insira da melhor forma possível no meio ambiente sociocultural do local em questão.

Dito isso, o trabalho de paisagismo muitas vezes também envolve a elaboração do projeto de estruturas de apoio e elementos de decoração, tais como fontes, piscinas, lagos, espelhos d’água, espaços para fogueiras, jardins verticais, telhados verdes, entre outros.

O projeto também pode envolver a definição do mobiliário e da iluminação para garantir o uso noturno do jardim com segurança.

A formação do arquiteto paisagista

Podemos salientar que o problema de design de uma paisagem é muito semelhante ao que os próprios arquitetos se deparam quando estão a desenvolver um novo edifício.

Este é, portanto, o principal motivo pelo qual a Arquitetura Paisagista é já uma arte que é ensinada nas universidades.

Tem havido, ao longo dos últimos anos, uma evolução própria deste tipo de arquitetura. Em Portugal as disciplinas de formação passam por:

  • matemática,
  • ciências sociais,
  • geografia,
  • biologia,
  • engenharia,
  • arte,
  • botânica,
  • política,
  • tecnologia…

Ou seja, um sem número de disciplinas que pretende que o futuro arquiteto consiga planear corretamente qualquer tipo de paisagem independentemente do local.

Enquanto profissão, a arquitetura paisagista abrange um conjunto de trabalhos que são extremamente relacionados ao projeto arquitetónico.

De entre eles, podemos destacar o planeamento regional e urbano, a preservação do meio ambiente natural e construído e do património histórico e o planeamento de sistemas de lazer.

Em Portugal existem diversos arquitetos paisagistas de renome, que levam a qualidade do nosso ensino além-fronteiras, construindo paisagens de cortar a respiração.

A atuação do arquiteto paisagista

Contratar um arquiteto paisagista é importante para garantir um resultado satisfatório das obras.

É comum encontrarmos obras arquitetónicas incríveis, mas que não contemplam o paisagismo residencial adequado.

Ou então, sem a supervisão deste profissional, pode ocorrer a plantação de espécies que não sobrevivem a determinado tipo de solo e insolação.

O arquiteto paisagista está apto a criar um projeto adequado e personalizado, orientando de forma adequada como cuidar e realizar a manutenção do seu jardim.

Neste sentido, este profissional pode atuar na criação de projetos de paisagismo residencial e comercial.

Paisagismo residencial

Os projetos de paisagismo residencial podem ser desenvolvidos tanto para espaços externos como para espaços internos.

Além de projetos para moradias, com amplos quintais, o arquiteto paisagista também pode criar projetos para apartamentos.

As plantas para paisagismo residencial geralmente são especificadas de acordo com o gosto do morador, as possibilidades do solo e a incidência de luz no local. Com isso, são criados desde hortas até árvores frutíferas ou canteiros com flores.

Paisagismo comercial

Já no paisagismo comercial, o arquiteto procura integrar a edificação com os espaços externos e trata o projeto arquitetónico e paisagístico como um só.

Isso faz com que o resultado seja muito mais harmónico. Geralmente, no paisagismo comercial são escolhidas espécies de plantas que exigem pouca manutenção e que estejam bonitas a maior parte do ano.

Paisagismo não é jardinagem

Ambos os conceitos são comumente confundidos. Porém, saiba que se tratam de profissões e atuações distintas.

Conforme dito, o paisagismo é um trabalho que envolve um projeto. Já a jardinagem refere-se à arte do plantio, cultivo e cuidados das plantas, feitos por um jardineiro.

Para isso, este profissional deve ter conhecimentos sobre as espécies. Deve saber sobre poda, controle de pragas e doenças, ou seja, os cuidados para manter o jardim bonito e saudável.

Em suma, o jardineiro é o profissional que atua para concretizar a obra de acordo com o projeto e sob o comando do paisagista.

Após a conclusão do projeto de paisagismo, o jardineiro também é responsável pela manutenção periódica, fundamental para manter qualquer jardim saudável.

Como é óbvio, qualquer pessoa pode construir um jardim em casa e o mesmo ficar muito bonito. Contudo, se quer realmente ter aquele jardim de sonho, onde chega e o tempo parece parar, não há nada melhor do que contratar um profissional para tornar os seus sonhos realidade.

Precisa de orçamento para fazer obras em casa?

Licenciado em Engenharia Civil, desde 2004, pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. Membro sénior da Ordem do Engenheiros. Conta com mais de 10 anos de experiência como projetista de estruturas, sistemas prediais de distribuição e drenagem de águas, redes de distribuição de gás natural, direcção e fiscalização de obras públicas e privadas.